Lula foi internado no Sírio-Libanês após sofrer um derrame?

Lula foi internado no Sírio-Libanês após sofrer um derrame?

Lula foi internado no Sírio-Libanês após sofrer um derrame (ou infarto) Boato – O presidente eleito Lula acaba de ser internado após sofrer um derrame (ou infarto) em um hospital de São Paulo. Vai tirar alguns dias de folga.

 

E, de fato, ele foi excluído da arena política (por exemplo, a transição foi liderada por Geraldo Alckmin). A foto gerou uma mensagem na internet. No áudio, Lula está ausente por um motivo: ele foi levado para o hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, após um derrame (em algumas versões, é um infarto).

 

Lula foi internado após um AVC (ou infarto) em um hospital de São Paulo?Como você pode ver, a grande notícia se espalhou com muita força, principalmente (e estranhamente) entre os bolsonaristas.

 

No entanto, é errado apontar que Lula teve um derrame ou infarto e foi hospitalizado. A notícia em si era uma farsa. Além de ser característico de fake news com erros alarmistas, de português, falta de fontes confiáveis ​​etc.

 

O conteúdo não é apenas ambíguo, mas também contraditório, e hoje não é difícil distinguir a causa do problema de saúde.

 

Lula ironiza Jovem Pan no debate: 'É aquele seu canal de televisão?' - CartaCapital

 

Por exemplo, não só a diferença entre um derrame e um ataque cardíaco é enorme, mas descobrir o que um paciente tem é importante para uma intervenção ideal. É impossível para um time como o Sírio-Libanês não saber se foi um AVC ou infarto.

 

Além disso, Lula está de férias na Bahia. Se ela tivesse um derrame ou ataque cardíaco, ela não teria sido “levada imediatamente” para um hospital em São Paulo.

 

O tratamento inicial será na própria Bahia e não sofrerá metástase. Como se não bastasse, essa história sai em uma mensagem de quem não tem simpatia por Lula. Convenhamos: quem descobriria que Lula tinha problemas de saúde? Aliado ou inimigo? A resposta não é difícil.

 

Por fim, essa “denúncia” não foi encontrada em nenhuma fonte confiável. Nem as pessoas envolvidas na história, nem a mídia (o que faria da história uma bomba sem precedentes).

 

Resumindo: a informação de que Lula foi levado para o hospital Sírio-Libanês em São Paulo pode ser falsa. Além do fato de que a história não tem começo nem fim, também não tem fonte confiável.

 

Antes de ato na Avenida Paulista, Lula diz que, se vencer, vai conduzir o país de 'volta à normalidade' | Eleições 2022 em São Paulo | G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *